EXCLUSIVA ! Vagner Oliveira - MISTER RS 2012 UNIVERSO


Como foi a criança e o adolescente Vagner? O que você levou dessas duas épocas para a vida adulta?  Quando me lembro da minha infância, me dá vontade de voltar atrás e fazer muita coisa que não fiz, sempre fui muito preocupado em estudar, muito caseiro, mas ao mesmo tempo muito ativo, considerado um líder na sala de aula e muito família, comecei com 10 anos a ajudar meu pai na borracharia dele. Ao chegar na adolescência comecei a curtir festas, conhecer lugares e pessoas novas, mas sempre com o foco no futuro, me envolvi em muitas atividades: Centro de Tradições Gaúchas, Grupo de Jovens, Rádio Comunitária, Atividades na Escola... De tudo isso aprendi muita coisa, principalmente que família sempre vem em primeiro lugar, que meus pais sempre tem razão, que nada cai do céu, devemos batalhar muito para conquistas nossos sonhos e que você pode se superar a cada dia.

Como o mundo da moda entrou para sua vida? E você se lembra qual foi o seu primeiro trabalho e a sua expectativa em cima dele? 
Sempre acreditei muito em destino e conto minha história para conhecidos e chegam ficar impressionados. Gosto muito de me cuidar e estar bem vestido, naturalmente com o tempo surgiu um bom gosto para roupas, juntando a isso sempre muito mais magro e alto e surgiram vários convites para seleções de modelo, desde os 15 anos, o que pra mim, achava que não tinha perfil e como disse sempre pensei em trabalhar duro, achando que não daria certo. Em 2009, a vendedora de uma loja do shopping de Lajeado, me convidou para um ensaio fotográfico para lançamento da coleção primavera-verão, aceitei. Logo que as fotos foram lançadas com banners em frente a loja, uma scouter de uma cidade próxima viu e entrou na loja para pedir quem era, justamente de tantas vendedoras foi com ela que conversou e ela passou meu contato, onde surgiu o convite para concorrer no concurso Top Model Fronteira Sul em Rosário do Sul, região da Fronteira do Estado, nove horas de viagem, fui. De 12 candidatos, fiquei em 2º, o que me rendeu o título de Top Model Pouso Novo 2010, que foi a cidade que representei no momento. Depois disso, saí em alguns jornais locais, mas vistos por muitas cidades aqui da região, o que surgiu o convite para outros concursos e trabalhos. Lembro-me que o primeiro trabalho foram essas fotos para a campanha de primavera/verão da loja que tem várias filiais no Estado, fiquei bem nervoso, pois sabia que poderia me abrir mais portas e só dependia de mim, mas no final deu tudo certo. Foi uma enorme satisfação, esses momentos guardo pra sempre.

Depois deste primeiro trabalho, quais foram os outros? E qual lhe rendeu maior satisfação?
Depois fiz vários editoriais para jornais semanais, organizei concursos de beleza, participei de vários desfiles, presenças em eventos e fotos. Entre eles, jurado no concurso Miss Brasil Glamour, fotos para um trabalho de pós-graduação da PUC representando os 7 pecados, entrevista para emissoras de televisão aberta como Band e RBS, consultoria de moda nas Lojas Datelli do Rio de Janeiro, desfile para marca Colcci no Shopping Recreio no Rio de Janeiro, recentemente fotos com roupas de um estilista que as peças saíram na GQ da Itália e diversos outros trabalhos de visibilidade regional, mas o mais legal foi juntar a carreira de modelo com de ator, por mais que se tem uma exigência maior, me identifiquei muito, onde fiz algumas participações em novelas, comerciais e seriados, além de ter dirigido uma peça de teatro.


Que espécie de trabalho você gostaria de fazer e que ainda não surgiu?
 Uma campanha publicitária para uma rede de lojas do Brasil todo.

Como o teatro e a tv entraram na sua vida? E qual o trabalho mais marcante? 
Como falei, sempre fui muito líder e me envolvi em muita coisa, ao mesmo tempo me aperfeiçoei, fiz curso de oratória, postura, dicção, desinibição e teatro, os quais hoje ministro também. Sempre fui muito dinâmico, com fácil comunicação, extrovertido, me acham muito engraçado... Em 2000 comecei a fazer parte do Grupo de Jovens da minha cidade que mais tarde fui Presidente por 3 anos, aí então fazíamos peças de teatro em datas comemorativas. Vi que tinha essa habilidade e procurei me aprimorar. Meus primeiros trabalhos de ator foram em peças religiosas tradicionais na Igreja da minha cidade, como natal, páscoa... Após, me envolvi em muitas atividades e quando passei na seleção para o Rio de Janeiro, lá cada dia havia muitas oportunidades, todas por seleção de perfis. Logo no início participei das novelas Malhação, Passione, Insensato Coração, Araguaia, todas da Rede Globo, e Vidas em Jogo, da Rede Record, além do seriado Macho Man da Globo que foi minha maior participação, onde fiz até a chamada do programa. Vi realmente como funciona esse mundo “mágico” da dramaturgia, tudo que está por trás das câmeras, o trabalho árduo de cada um que tem função essencial para no final sair tudo perfeito, além de conhecer vários artistas e o Projac da Central Globo de Televisão. Também participei de dois comerciais das marcas Kibon e Oi.

Com relação aos concursos de beleza, partiu de você a vontade em participar, ou foi família, amigos que insistiram para que você o fizesse? 
Há muito tempo surgiram convites para concursos pequenos locais, que hoje incentivo a todos começarem por esses para verem o que tem que ser melhorado. Mas foi um convite de um scouter de Bento Gonçalves, fiquei em 2º, a partir daí comecei a pesquisar o que teria que melhorar para ganhar nos próximos.


Seu primeiro título de beleza veio a dois anos no TOP MODEL POUSO NOVO 2010. Conta para gente como foi essa sua primeira experiências, seus anseios, e expectativas? 
Nossa! Foi algo bem diferente pra minha realidade da época. Não sabia que roupa usar, como desfilar, não tive quase nada de preparação, não tinha ninguém na torcida, a cidade ficava a 9 horas de viagem da minha cidade. Quando cheguei e vi 12 candidatos que já desfilavam há muito tempo, então fiquei mais nervoso ainda, mas como estava lá e sabia o que tinha ido buscar não desisti. Quando chamaram meu nome e vi gente levantando da platéia para aplaudir não tem como explicar o momento, e ouvir depois muitos elogios, aí percebi que tinha condições de buscar mais no mundo da moda.

Quais os outros concursos e títulos vieram depois deste e como é a sua rotina de preparação quando está participando de algum?
Quando ganhei esse título, comecei a procurar pessoas do meio da moda e pedir o que achavam que devia mudar para eu continuar nessa área, aí comecei a buscar e receber convites de outros concursos com uma preparação intensa. Depois desse concurso vieram os títulos de Garoto Propaganda do Rio Grande do Sul 2010/2011, Mister Man Lajeado 2011, Mister Man Rio Grande do Sul 2011 – Destaque, Mister Top Beleza Rio Grande do Sul 2012 e hoje ostento o título de Mister Rio Grande do Sul Universo 2012. Sempre costumo a pesquisar antes os ganhadores anteriores, o perfil deles e o que fizeram em função do concurso. Cuido da pele, cabelo, corpo e principalmente o intelecto, pois sei que hoje em dia os concursos não procuram apenas mais um corpo malhado, e sim um diferencial, tenho que mostrar porque mereço mais que outros candidatos, beleza todos têm.. Faço ensaios de passarela, oratória e geralmente um ensaio fotográfico exclusivo para o concurso, além de me envolver em atividades sociais e tento buscar muito apoio da cidade, ou Estado que estou representando.


Você irá representar o seu Estado em agosto no MISTER BRASIL UNIVERSO. A sua preparação está sendo diferente para este concurso? 
É praticamente a mesma, porém bem mais intensa, venho desde o concurso estadual ano passado me preparando, porém devido esse título surgem muitos convites para presenças em eventos pelo Estado todo, além de que sou Deejay, colunista social, funcionário público, coordenador cultural do CTG da minha cidade e estou me formando em direito, então não posso me dedicar integralmente aos preparativos do concurso, mas todo tempo livre estou em função. Sei que tenho uma grande responsabilidade, pois estou representando um dos maiores Estados do Brasil, mas ao mesmo tempo, fico feliz, por ser um Estado bem unido do qual estou recebendo muito apoio. Além de carregar essas experiências em outros concursos e muita fé.


Existe certo atrito entre as organizações do MISTER BRASIL UNIVERSO e do MISTER BRASIL MUNDO. Você tem alguma opinião formada sobre esse assunto? 
Assim como existem Miss Brasil Terra, Miss Brasil Mundo, Miss Brasil Universo, Miss Brasil Latina entre outras, existem esse dois Misters, porém cada um com sua organização/produção, e forma de escolher seus representantes um pouco diferente do outro, cada um querendo atrair os melhores perfis e candidatos para o seu concurso, pois consequentemente se esse ganhar no concurso no exterior leve o nome da organização do concurso nacional, confesso que fui convidado pelas duas produções, mas avaliei e optei a concorrer pelo Mister Rio Grande do Sul Universo. Não tenho absolutamente nada contra, prestigio eventos da outra produção, ajudo amigos quando vão concorrer pra eles e tenho até contato com eles, a única coisa que acho é que acaba confundindo a mídia e população em geral, porém hoje está mais pacificado o entendimento.

O que te diferencia dos demais candidatos que vão estar em agosto na disputa do MISTER BRASIL UNIVERSO? 
A experiência em outros concursos me fez perceber que quando participamos de um concurso, não é só o título que eu posso conquistar, mas sim as oportunidades que o concurso tem a me oferecer, além das amizades e experiência que se adquire. Sei que toda essa preparação para chegar ao concurso e a participação nele não é em vão, tudo tem um por que. Mas tento me diferenciar devido o bom tempo que venho me preparando, física e intelectualmente para representar bem o meu País e buscar uma ascensão profissional. Além de saber da responsabilidade que se deve ter ao carregar esse título comigo. É um título nacional, o que é um patamar bem alto, eu comecei de baixo, sei de onde vim e como cheguei até aqui, sempre com muita humildade, perseverança, solidariedade e nunca passei por cima de ninguém, por isso acho que mereço. E busco esse título para usar ainda mais da mídia defender causas sociais, pois como sempre tentei não me preocupar apenas comigo, mas como um todo.

Na sua opinião, você acha que o preconceito com relação a concursos masculinos tem diminuído com o crescente espaço, mídia, organização e seriedade que estes estão tendo, ou  ainda falta um grande caminho? Na verdade o mundo da moda e concursos de beleza masculinos, ainda não é aceito com grande naturalidade, mas já ultrapassamos grandes barreiras. As pessoas estão entendendo que beleza e estética, são ligadas a uma questão de bem estar e saúde. Também acham que homem não pode se cuidar, se valorizar... E a maioria das pessoas tem a visão que é um mundo apenas de glamour e luxo, que é bem pelo contrário, aí acabam ficando com a visão de que nos achamos melhores que os outros, às vezes nos excluindo de um meio social, ou denegrindo nossa imagem para tentar diminuir um pouco a mídia que possuímos. Mas isso depende muito da cultura do País ou Estado, já vivi em outros Estados que senti menos isso.

Nos concursos de misses é comum as candidatas recorrerem a cirurgias plásticas, pequenos retoques para chegarem o mais próximo da perfeição. Você concorda com esse artifício? Faria alguma e se fizesse em que parte do corpo? Concordo, sempre falo que a pessoa tem que fazer algo para que se sinta melhor, se assim elas acham que devem fazer, sou totalmente a favor, porém temos que ter noção até que ponto podemos chegar, para mantermos nossa essência estética e física, reparos ou preenchimentos não devem ser tidos como transformações. Eu já procurei uma clínica para avaliação com o intuito de ver o que precisava e me aconselharam a não fazer nada, o que levei como um elogio. A parte física que muitos com pressa acabam reparando, eu tento buscar na academia, só fiz alguns procedimentos normais que com o tempo todos precisamos.


Você foi pré-selecionado para o BBB12. Conta um pouquinho dessa experiência. Se tivesse sido o vencedor o que faria com o prêmio? 
Sim, quando me inscrevi, estava morando no Rio de Janeiro, já tinha me inscrito uma vez e não tinha muito o que falar, dessa vez, senti que teria mais perfil para o reality. São 3 fases para você entrar na casa, cheguei até a segunda, quando já estava morando novamente no Sul, me ligaram para participar da 3ª fase, porém quando informei que estava morando aqui no Sul, não houve mais muito interesse, pois já tinham selecionados daqui e da região. Mas fiquei muito feliz, pois vi que sou um perfil que futuramente posso participar da casa, o que é evidente que abre muitas portas, principalmente pela minha carreira. Com o prêmio eu daria mais comodidade a minha família, com algumas coisas que sempre se privamos, compraria um bom carro (sonho), montaria meu escritório de Advocacia, investiria em meus Estudos, doaria uma parte para uma entidade que venho ajudando com trabalho há muito tempo, conheço o trabalho sério e guardaria um dinheiro para futuros gastos.


Você transita livremente no mundo fashion como modelo, como mister e na TV. Deixa uma dica para quem quer iniciar em uma dessas áreas e o que fazer para diferenciar os bons, sérios e competentes profissionais dos que apenas querem tirar uma casquinha? 
O que sempre dou de dica é você nunca esquecer suas origens, de onde veio, por onde começou, jamais perder sua personalidade, manter sempre sua disciplina, postura, sempre fazer tudo bem feito mas com muita humildade. Procurar pessoas que já estão no meio da moda para lhe mostrar o caminho, mas como irá percorrer nele, depende dele.  Procurar sempre estar por dentro das mais atuais tendências e fazer cursos para se aprimorar, como disse tem que ser o diferencial. Ter ciência que essa carreira é curta e que vai depender de muito esforço para se ter sucesso. Não desistir no primeiro NÃO, pois a luta sempre continua, seja persistente, grandes vitórias o esperam, faça sempre o correto, lembre-se tudo que vem fácil, vai fácil. Dê valor a pessoas que estão sempre lhe ajudando, pois precisará delas nos momentos mais difíceis. Valorize sua família e amigos, pois serão a base do seu sucesso. E não tente agradar a todos, pois tem uma meta e um perfil, como disse o importante é ser VOCÊ e ser FELIZ com o que faz!


Qual o limite da sua vaidade?
Até que o meu bolso me permitir (risos). Acho que vaidade é ligada a uma questão de saúde e exigências, devemos fazer o que achamos que vai nos deixar melhor psicologicamente e sempre cuidarmos de nós, pois é a nossa imagem que está sendo vendida e vista por aí.

O que não pode faltar no seu guarda roupa? 
Uma calça jeans, um tênis e uma camiseta preta, o básico; tem um grande estilista que diz que quando não sabemos o que vestir, use apenas isso, menos sempre é mais.


A vida sentimental, como anda?
Com toda essa correria, não me envolvi com ninguém, pois sei que vai ser difícil superar as expectativas e ao mesmo tempo ter alguém que me acompanhe nessa rotina. Mas é claro, que sempre bate uma carência, solidão, falta de algumas coisas... é bem aquilo: estar no meio de muitas pessoas e sentir falta de uma; mas ainda sou novo (risos).

O que uma mulher precisa ter (fisicamente e internamente) para te conquistar? 
É claro que beleza conta, mas nunca levei só em conta isso, a pessoa tem que ter uma preocupação com o futuro, saber o que quer, acho que eu daria muito certo com alguém com um perfil parecido com o meu.

Existe diferença entre o Vagner “pessoa pública” e o Vagner que a família e os amigos conhecem? Não vejo essa diferença, sou sempre o mesmo, tanto em eventos, como em entrevistas, assim como sou no dia a dia com amigos, trabalho, faculdade e família.


Se você pudesse conhecer uma personalidade famosa, quem seria e qual pergunta você faria a ela? 
Silvio Santos. E como conseguiu chegar até aqui? O que ele leva de seu passado sofrido?

Vagner foi um imenso prazer te-lo entrevistado. Deixo este espaço para suas considerações finais.
Estou muito feliz em poder representar esse Estado que amo tanto e que sempre levei com muito orgulho por onde andei. Continuarei dando o melhor de mim. Agradecer ao Blog Universo Beaute, pela entrevista. Quero agradecer a todos que vem acreditando no meu trabalho. E as empresas que estão me apoiando: Luciano e Márcio Consultoria de Beleza, Massoterapeuta Vânia Trindade, Estilista Flávio Soares, Clínica Santuário do Corpo, fotógrafo Luca Lunardi, Academia Em Forma, Rádio Tropical FM, dentista Fernanda Kremer, Moteis Monn Cherry, Confecções Mepase, Clínica Radicef, Boates Herbie Pub e Café Virtual, Jéferson Paz Fotografia, Estilista Jonathan Scarpari, Estância Fazendinha – Barrinha/SP, Biomédico Estética Elias Turcatel, Camisaria do Homem, Make e Hair Hermann Barreto. Também conto com apoio de família e amigos que nunca mede esforços para buscar essa conquista, de amigos, família e outros particulares. Obrigado pela confiança e acreditarem no meu trabalho.



Para ser um dos finalistas do MISTER BRASIL UNIVERSO 2012, o Vagner precisa do maior número possível de votos na página oficial do concurso:

Aos interessados em contratar o MISTER RS 2012 para eventos, presenças vips, desfiles entre outros entrar em contato pelo e-mail: assessoria.vagneroliveira@gmail.com

Para quem quiser saber o que o Vagner está fazendo e toda sua preparação para o concurso, segue  abaixo o link do facebook: 



Comentários

  1. Olá Ewerton!

    Obrigado pela entrevista.

    Qualquer coisa estou a disposição.

    Abraços.
    VAGNER OLIVEIRA
    MISTER RS UNIVERSO 2012

    ResponderExcluir
  2. Vocês que me apoiaram tanto, agora veio pedir uma grande ajudar, os seus votos no site www.misterbrazil.com.br, a partir de amanhã que escolherá o primeiro finalista do concurso. Desde já muitoo obrigado.
    Grande Abraço.
    VAGNER OLIVEIRA
    MISTER RS UNIVERSO 2012

    ResponderExcluir

Postar um comentário