Miss Brasil 2004, encontrada morta em casa, apresentava sinais de depressão

A Miss Brasil 2004 Fabiane Tesche Niclotti, de 31 anos, que foi encontrada morta em casa, na noite desta terça-feira, em Gramado, na Serra Gaúcha, apresentava sinais de depressão. De acordo com o delegado Gustavo Barcellos, da Delegacia de Gramado, que investiga o caso, segundo o depoimento de parentes e amigos, a modelo tomava medicamentos antidepressivos e já havia tentado se matar. No entanto, o investigador aponta que ainda é cedo para apontar a causa da morte da gaúcha, cujo corpo não apresentava sinais de violência.
— Nesse primeiro momento, não temos uma hipótese específica para o caso. Mas já surgem alguns indicativos. O que eu tenho de relatos do irmão (da modelo), de um amigo dela e outras testemunhas ouvidas informalmente, ela apresentava um quadro depressivo e já tinha atentado contra a própria vida. Mas temos que esperar o resultado da perícia (do legista) para saber com certeza a causa da morte — explicou o delegado, que acrecentou: — No corpo, não havia sinais de violência. Mas isso não quer dizer que não possa ter havido um envenenamento ou morte por injeção de medicamentos.
Fabiane foi eleita em 2004. Na foto o top 4,e a então desconhecida Grazi Massafera.
Na casa de Fabiane, que morava sozinha, foi encontrada, na sala, uma bolsa com medicamentos, inclusive antidepressivos. As substâncias foram apreendidas para análise.

Comentários