Os 10 modelos mais bem pagos do mundo

Frequentemente ouvimos falar sobre as modelos mais bem pagas do mundo, mas uma atenção muito menor é destinada aos homens. Para alguns alcançarem o topo dessa lista, precisaram de um trabalho árduo e investimento desde cedo. Outros, porém, somente foram considerar a hipótese de seguir a carreira de modelo quando já eram adultos. Conheça quais são os homens que figuram esse ranking, e saiba um pouco sobre o que cada um passou até ser considerado um modelo de sucesso.


Tyson Ballou nasceu em 14 de dezembro de 1976, no Texas, e aos 15 anos de idade começou a trabalhar como modelo. Logo no início da carreira chamou atenção da Ford Models e foi convidado para morar em Nova York. Em pouco tempo, Tyson já participava de trabalhos com grifes de sucesso como Dolce & Gabbana e Versace.


Sean O’Pry faz parte da nova geração de modelos e mesmo tendo ingressado na carreira em 2007, já marcou seu lugar na moda masculina. O americano foi descoberto no My Space e, em 2009, foi considerado pela Forbes como ‘O Modelo Mais Bem Sucedido Do Ano’. Não é à toa, já que seus trabalhos incluem campanhas para Calvin Klein e Belstaff.


O canadense Simon Nessman conquistou os olhares dos fashionistas principalmente com seu rosto ao mesmo tempo juvenil e sensual. Tais qualidades também são queridinhas de grifes como Givenchy e Giorgio Armani. Seu ingresso na carreira de modelo se deve à irmã de um amigo, que enviou fotos dele à agência Mode Models.


Noah Mills tem uma das carreiras mais sólidas entre os modelos masculinos, tendo aparecido em temporadas consecutivas em campanhas de marcas como Michael Kors e Dolce & Gabbana. Além das passarelas, o americano atua também no cinema, como no filme Sex and The City 2.


David Gandy nasceu em 1980, e nem sempre quis ser modelo. Ele estudava Publicidade quando seus amigos o inscreveram em um concurso de modelos sem que ele soubesse. Quando o resultado saiu e David descobriu que tinha vencido, passou a investir na profissão. Atualmente, ele é o rosto masculino favorito da Dolce & Gabbana, sendo o grande ícone por trás da fragrância do Light Blue. Em 2009, foi eleito pela Forbes como o terceiro ‘Modelo Mais Bem Sucedido do Mundo’.


Ben Hill nasceu nos Estados Unidos, em 1978, mas sua carreira teve início apenas em 2002. Após mais de uma década, ele pode ser considerado um dos modelos mais bem-sucedidos. Ele usa a experiência a seu favor para se manter como um dos profissionais mais cobiçados por marcas como Kenzo, Coach e Calvin Klein.


O espanhol Jon Kortajanera nasceu em 1985 e também ingressou na carreira de modelo ao acaso. Enquanto passava férias em Barcelona acompanhando um amigo a um desfile, Jon chamou a atenção de um booker que o convenceu a investir na profissão. Com 18 anos, ele se tornou o rosto da Just Cavalli e em pouco tempo passou a desfilar para grifes como John Galliano, Salvatore Ferragamo e Bottega Veneta.



Ollie Edwards apareceu na campanha da Ralph Lauren primeira vez em 2008 e desde então é o rosto masculino da marca. Além da grife americana, assinou trabalhos com a Giorgio Armani e Bally. Uma curiosidade sobre o top é que, além de excelente modelo, ele também é um apaixonado por MotoCross desde os quinze anos de idade.


Mathias Lauridsen nasceu na Dinamarca, foi descoberto aos 19 anos andando pelas ruas de Copenhagen e logo foi chamado para para desfilar. Um dos principais modelos masculinos dos últimos cinco anos, Mathias já apareceu nas principais revistas de moda do mundo, além de ter desfilado para a Gucci, Jil Sander e Hermès



Athur Kulkov nasceu no dia 20 de agosto de 1983, na Rússia. Como modelo, suas primeiras aparições foram em 2008, ano em que ele atuou nas campanhas de inverno da Barney’s, da Original Penguin e da Russel & Bromley. Além de desfilar para grandes marcas, Arthur também é figura recorrente em editoriais. 

Comentários