MISTER UNIVERSO MINAS GERAIS - DANILO ALMEIDA


"Iniciei na carreira artística ao 18 anos, quando começei a fazer teatro no Rio de janeiro, ingressando numa companhia teatral. nesse mesmo período, começaram a surgir oprtunidades para trabalhar como modelo e na área de publicidade, fazendo comerciais, catálogos, desfiles e trabalhando em eventos. desde então, já fiz catálogos de moda em revista, cadernos de moda em jornais, comerciais de televisao, internet, revistas e viajei com inúmeros espetáculos teatrais pelo país. Fiz diversos cursos de formçaão para teatro e tv, em cursos livres e na escola de atores wolf maia, em são Paulo. Recentemente, integrei o elenco de uma peça teatral chamada GAROTOS NOTURNOS, que gerou polêmica, por contar a vida dos garotos de programa da cidade de São paulo e foi sucesso de público, enquanto ficou em cartaz. Também fiz o papel do matador de aluguel, Isaías, na novela Amor e Revolução, do SBT e fui capa da revista ISTO É Gente."

Além do que o jovem e belo mister nos contou acima, DANILO ALMEIDA, participou em 2011, do MISTER MUNDO BRASIL, (representando Estado do Amazonas) ficando entre os 10 finalistas, mas perdendo para o modelo Lucas Malvacini. Recentemente as fotos que estampam esta entrevista foram publicadas em um dos sites de modelos masculinos mais importantes no mundo da moda! o MALEMODELSCENE. Para quem quiser procurar basta acessar: malemodelscence/dan de almeida.
Apreciem esta belíssima entrevista, indispensável para futuros misters, new faces e atores.


 Como e quando você entrou para o mundo da moda?
     Não comecei nessa área muito cedo e tão pouco foi fácil dar início, porque minha família não estava de acordo e não via com bons olhos esse meio. A primeira oportunidade concreta que surgiu pra mim, foi aos 17/18 anos, quando eu já tinha autonomia pra poder buscar meus objetivos. Fui chamado por uma agência do rio de janeiro para fazer um teste internacional, para Milão, fui aprovado, mas como ainda não tinha 18 anos completos e precisaria da autorização do meu pai, ele acabou não concordando e falou um monte! Fiquei muito chateado porque era uma ótima oportunidade de dar início na minha carreira. Daí, após essa decepção, eu acabei entrando no teatro e me apaixonei por essa arte! As coisas foram acontecendo e eu não tinha mais a intenção de sair do país. Mas logo após isso, eu recebi um convite pra fotografar para uma campanha, uma marca que estava sendo lançada e aceitei! Isso reascendeu em mim a vontade de trabalhar com minha imagem e então fui buscar as oportunidades em agências, aos poucos foi acontecendo tudo ao mesmo tempo! Na área de modelo e de teatro também.

Você sempre participou de concursos ou esta é a sua primeira vez?
     Nunca tive a intenção de participar de concursos de beleza, sempre gostei muito de assistir e ver tanto as misses, quanto os misters, analisá-los, dar a minha opinião! Mas nunca tive coragem d participar, até porque não me sentia tão confiante assim! Quando eu era adolescente, eu era muito magro e todos me zoavam, daí acaboei crescendo com essa sombra, sempre não me sentindo capaz. Muito tempo depois, após anos de academia e jiu-jitsu, eu comecei a me sentir mais confiante pra lidar com a minha imagem e também não confiava na idoneidade e transparência desses concursos. Algumas pessoas me diziam pra eu participar de algo assim, mas eu não me sentia muito atraído pela idéia! Até que cedi e resolvi participar de um deles. Acabei participando do mister mundo Brasil! Saí-me muito bem na competição, mas não fui o vencedor. Esse mesmo concurso teve seu resultado e sua transparência questionada por muitos dos participantes, por causa do perfil do eleito mister Brasil, Lucas Malvacini, mas como nenhum de nós podia provar nada, deixamos o assunto quieto. Foi uma experiência um tanto quanto frustrada, não por não tê-lo ganhado, mas pelas circunstâncias de como foi conduzido e seu desfecho.

Como você recebeu esse convite? E qual foi sua reação?
    Na verdade, não fui convidado, eu me convidei e fui aceito como candidato. Conversei com os organizadores e eles me garantiram a transparência e idoneidade do concurso. Um dos responsáveis pela organização era um dos candidatos do MMB que participei, e ele me deu sua palavra de que tudo seria justo e honesto. Então, resolvi confiar e arriscar mais uma vez! Não por acreditar que eu seja o mais bonito, mas sim, por ter qualidades o suficiente pra ostentar esse título e tirar proveito disso em benefício da minha carreira.

Como é para você representar o estado de MG? Qual é o peso?
     Como brasileiro, que sou, tenho orgulho do tamanho e da diversidade do meu país! E é uma honra representar o estado das Minas Gerais, que é tão grande e tão rico em diversos aspectos e tem grande e relevante importância histórica para o nosso país. Conheço muitas pessoas que nasceram lá e são pessoas genuinamente brasileiras! São comunicativos, alegres e simpáticos! Fora que eles tem um sotaque e um jeitinho que são muito atraentes. Quem já foi a Minas sabe que lá é terra de gente bonita! E me sinto muito honrado em representar essa região do Brasil!

O que você faria em termos de proteção ambiental?
     Eu penso que a maior riqueza que nós, brasileiros, possuímos, é a nossa natureza, fomos muito abençoados por Deus e temos esse privilégio, que poucos lugares no mundo possuem, de viver num lugar com tanta diversidade. O mundo sabe e reconhece a beleza do nosso país. Minas é um estado de grandes dimensões, possui muitas riquezas naturais e eu, particularmente, penso que o que ainda resta de fauna e flora devem ser preservadas, e o que já foi dizimado, seja refeito, seja replantado e seja devolvido ao seu habitat natural, como plantas e bichos. Creio que deva ser a única e mais eficiente forma de proteger e garantir que continuemos a ter tudo, sempre

Por que você acha que deve ser o próximo MISTER BRASIL UNIVERSO?
     Sempre pensei que os eleitos miss ou mister, independente de ser Brasil ou Universo, deveriam ser vistos não como os mais bonitos, mulher e homem, do Brasil! E sim como um exemplar da beleza e da personalidade de nós brasileiros. É difícil, num país como o nosso cheio de misturas e de belezas tão diferentes, julgar quem é mais bonito. Acredito que nem exista isso de ser mais ou menos bonito que outra pessoa, eu acho, particularmente, injusto, você escolher e separar por cor, cabelo, porte físico, as pessoas como se fossem objetos. Acho que mais que a beleza, temos que observar e dar valor aos aspectos humanos, vivemos numa era em que a beleza dita rumos nas vidas de todos nós. A beleza não deve ser ignorada, afinal de contas, quem a possui, foi presenteado com ela e deve aproveitá-la! Mas não pode ser tratada como se fosse a única ou mais importante qualidade em uma pessoa. O concurso do Mister Universo Brasil, é uma oportunidade de mostrar diversas qualidades, dentre elas a própria beleza, e tornar-se, por um período, um representante dos homens brasileiros! O mister é uma síntese do homem brasileiro, na sua beleza e sua personalidade. E eu creio que reúno qualidades pra me tornar, nesse próximo ano, um ótimo representante. Tenho consciência dessa importância e farei o possível pra ser o eleito.

O que um mister precisa ter além de charme, beleza e simpatia? Você acha que as possui?
   Mais do que a beleza óbvia, que pode ser vista a olhos nus, um mister tem que ter consciência da importância do título que ostenta, do que isso representa e consciência da realidade do mundo e da vida. Valorizar, também e sempre, as qualidades humanas, suas e das outras pessoas.  Usar sua beleza, como um meio para buscar novas e melhores oportunidades para sua carreira, de maneira responsável e honesta. Os concursos de beleza ainda são vistos como futilidades, como eventos vazios, superficiais e sem outro objetivo, que não seja o de enaltecer as qualidades físicas de seus participantes. É necessário mudar essa visão! Os participantes não podem enxergar o concurso, apenas como uma oportunidade de ser visto, notado e desejado. Tem que mostrar que tem opinião e que sua beleza foi apenas um meio que o levou até onde está, para que pudesse expor suas opiniões, e sempre que possível agregar às discussões que estiverem envolvidos. Deixando a modéstia de lado, creio que tenho sim, qualidades suficientes, para ser o representante do homem brasileiro. Gostaria de ter a oportunidade de inverter, ou ao menos fazer minha pequena parte, o modo como a beleza é encarada pelo mundo.

Como está sendo sua preparação?
     Como trabalho com minha imagem há muito tempo, na área da moda, publicidade, teatro e televisão, sempre foram muito importantes estar sempre bem e em forma. Esse meio é muito competitivo, e não precisa ser o mais bonito ou mais "gostoso", temos sempre que ter o que oferecer a esse mercado. Eu tento sempre estar bem, independente de estar com um projeto ou não. No caso do concurso, eu estou ainda adaptando minha rotina pra obter os melhores resultados. Estou melhorando minha alimentação, otimizando minha rotina de treinos e alguns tratamentos estéticos pra cuidar da pele e do cabelo, também fazem parte, mas prefiro esperar um pouco mais pra poder radicalizar a dieta, os exercícios e os outros cuidados.

Dá para fazer amizades nos bastidores?
    Eu acredito que quando encontramos pessoas que também estão com os mesmos objetivos que você, as coisas acontecem da melhor maneira. Fazer novas amizades é sempre bom, mas tem que ser sincera, tem que ser de verdade, senão não vale a pena. Apesar da competição, creio que é possível sim fazer amizades, entre homens as coisas são mais tranqüilas, a questão da beleza não atrapalha tanto nas interações! À primeira vista até acho que sim, mas depois agente relaxa e o bate papo, a “zoação” sempre prevalece, no final sempre saímos com um saldo positivo e conhecendo pessoas bacanas.

Conta um pouco do inicio da sua carreira como modelo?
     O meu início nessa carreira não foi muito fácil, as melhores propostas que tive aconteceram quando eu ainda era menor de idade. Minha família nunca foi a favor de que eu enveredasse por este caminho, então tive que esperar completar os dezoito anos pra poder começar a correr atrás dos meus objetivos, independente da vontade dos outros. Aos poucos fui conquistando meu espaço, com todas as dificuldades possíveis! Nem sempre só ter beleza basta! É preciso uma série de coisas, sorte, contatos e o universo conspirando a seu favor! As vezes demora, mas acontece, basta acreditar e correr atrás porque nada cai do céu em nosso colo. Essa é uma lição que eu aprendi vivendo.

Como modelo você já deve ter feito vários trabalhos. Mais existe algum que você ainda não fez e gostaria de fazer?
     Quando se envolve a criatividade no trabalho, sempre existirão milhares de possibilidades para se fazer! Às vezes com poucos recursos, conseguimos fazer um trabalho incrível e que nunca foi feito, nem por outros e nem por nós! Aquele momento, aquela foto se tornarão únicos. Mas eu gostaria de fotografar com bichos, coisa que nunca tive a oportunidade de fazer! Acho que seria, ao mesmo tempo, excitante e muito tenso.

A carreira internacional como modelo está nos seus planos?
    Ter uma carreira bem sucedida, seja na área de modelo ou em outra diferente, é o sonho de todos nós! Sempre pensei em sair do país para trabalhar, estudar e conhecer outras culturas! Nunca tomei a iniciativa de realmente sair! Das vezes que tive a oportunidade de viajar pra fora, acabei não indo por outros motivos. Por exemplo, no início desse ano, recebi propostas para ir para 3 lugares diferentes e investir na minha carreira, mas recebi uma proposta melhor, na área de ator, pra atuar numa novela, e acabei desistindo da viagem e investi na área de ator. Atuei na novela e fui muito feliz na minha escolha, não me arrependo. Mas se surgirem novas oportunidades, com certeza eu saberei aproveitar! Boas oportunidades não batem a toda hora em nossa porta.

Você acha que um título pode impulsionar a carreira de modelo?
     Acredito que sim, a organização é muito competente e eles fazem questão de dar destaque aos seus candidatos e mais ainda ao eleito. Como todas as oportunidades na vida, tendo suas qualidades e sabendo aproveitar, tudo pode dar certo.

Sabemos que existem "os caminhos + fáceis" para um modelo conseguir um trabalho de grande destaque na mídia. Aconteceu algo parecido com você?Já recebeu esses tipos de "atalhos"?
     Com certeza existem e hipócrita é quem diz que não. A diferença está entre aceitar ou não. Já tive sim essas propostas, mas não achei que fosse a melhor forma de conquistar meus sonhos! Até porque, ninguém assina um contrato no qual está escrito que você passará por um teste do sofá e lhe dando todas as garantias de que o prometido será cumprido! Conheço pessoas que embarcaram nessa e ficaram a ver navios.


Participaria de um reality show? Sim, não e por quê?
    Participaria sim, não tenho nenhum tipo de preconceito com esse segmento de programa, acredito que é uma ótima oportunidade, pra quem tem o que mostrar é claro, de mostrar seu talento, seu conteúdo. Eu faço teatro há 8 anos, fiz inúmeras peças e trabalhos, um reality seria uma ótima oportunidade de mostrar quem eu sou e o modo como eu penso.  Muitas pessoas têm preconceito com participantes de reality, porque muitas pessoas que não tem ligação com a área artística, entram, saem com notoriedade, mas não tem o que oferecer! Daí acabam se aventurando em trabalhos que não tem a capacidade e o preparo pra realizar! No caso de atores e modelos, é mais tranqüilo, saem de lá com a notoriedade necessária pra que consigam bons trabalhos.

Agora vamos falar um pouco de você: Quem é o Danilo?
     O Danilo é um cara guerreiro, batalhador! Que nunca desistiu diante das dificuldades! Um cara determinado e que acredita em seus sonhos! E segue em frente sempre com muita fé em Deus e esperança de o amanhã será sempre melhor!

O que não pode faltar no seu guarda roupa?
     Sou um cara simples no meu modo de vestir. Essa área da moda é muito rica e acabamos sempre agregando novas coisas ao nosso visual! Mas na dúvida, eu sempre prefiro não arriscar muito! Uso sempre o que me deixa à vontade e me sentindo bonito, atraente. É um erro querer estar parecido com alguém, só porque certa roupa cai bem naquela pessoa. Acredito que a roupa mostra a nossa personalidade. No meu guarda roupa nunca pode faltar uma excelente calça jeans, com ótimo corte e lavagem discreta, e camisetas básicas, de referência de cores escuras.

Seu pior defeito e sua melhor qualidade?
     Tenho o defeito e sofrer demais com tudo! Faço terapia pra aprender a enfrentar as adversidades da vida, sem que elas me afetem de maneira que me prejudiquem. Esse é meu defeito, potencializar os sentimentos! Os bons e os ruins, às vezes, sem a menor necessidade.
    E uma qualidade é que sou honesto, tenho caráter, aprendi com minha família a ter honestidade, caráter e respeito pelas outras pessoas. Acredito que respeito é o princípio de tudo.

Ser elegante é:
    Ser natural, ser você! Quando você tenta mostrar para os outros, o que você acha que eles querem ver acaba perdendo a naturalidade! E não existe coisa mais sedutora e atraente do que uma pessoa autêntica! Sem máscaras e fingimentos! Seja você mesmo sempre!

Danilo gostaria de agradecer por este bate papo super interessante e deixo este espaço para suas considerações finais.
     Gostaria, apenas, de agradecer pela oportunidade de poder falar um pouco a meu respeito! E já agradecer de antemão, aos que votarão em mim e me apoiarão! Muito obrigado!



Comentários