MISTER UNIVERSO BAHIA - Eduardo Roque


Como e quando você entrou para o mundo da moda?
Entrei final de 2011, com 21 anos.

Você sempre participou de concursos ou esta é a sua primeira vez?
Não, nunca. Primeira vez.

Como você recebeu esse convite? E qual foi sua reação?
Recebi por intermédio da agência. De início não considerei muito por achar distante a possibilidade, mas quando vi a grandiosidade do campeonato fiquei extremamente empolgado e feliz.

Como é para você representar um de nossos estados? Qual é o peso?
 É uma honra representar o povo que considero o mais animado do Brasil, o baiano. E considero de grande responsabilidade, pois a Bahia é um estado fervoroso e que torce muito por seus conterrâneos.
 
Já que está representando um estado, o que você faria em termos de proteção ambiental?
Acredito que faria algo principalmente relacionado às águas no nosso litoral, pois costumava praticar mergulho em Salvador e o que a gente acha de lixo lá no fundo não é brincadeira. Mas a Bahia tem vários projetos interessantíssimos e o grande exemplo é o projeto TAMAR, então certamente faria algo voltado a isso.

Por que você acha que deve ser o próximo MISTER UNIVERSO BRASIL?
Porque acho que o MISTER BRASIL UNIVERSO, diferentemente dos concursos de modelo, julga não só a nossa beleza externa, mas também o que somos por dentro. Somos julgados pelo que somos e transparecemos e eu sou uma pessoa que, independente da situação, sempre coloco meus valores a frente. Caráter e ética são algo que não podemos abandonar jamais.

O que um mister precisa ter além de charme, beleza e simpatia? Você acha que as possui?
Como dito anteriormente, acredito que nenhuma qualidade supera o fato de ter caráter. Isso a gente traz do berço e precisamos manter nossos valores para valorizarmos os outros e nós mesmos. Acredito que tive uma educação muito voltada à isso e não abro mão jamais de mantê-los.

Como está sendo sua preparação?
Tenho freqüentado nutricionista e agora faço treinos com acompanhamento de um personal, o que tem me ajudado bastante.

Dá para fazer amizades nos bastidores?
Sim, com certeza! Ainda não os encontrei pessoalmente, mas via online já conversamos um pouco. Só tem participante bacana!

Conta um pouco do inicio da sua carreira como modelo?
De início confesso que fugia um pouco dos trabalhos, pois, apesar de sempre ter sido vaidoso, não me sentia tão bem com meu corpo. Conforme fui fazendo trabalhos como modelo a auto estima foi melhorando e hoje em dia vejo o quanto este ramo foi bom pra mim tanto profissionalmente quando pessoalmente.

Como modelo você já deve ter feito vários trabalhos. Mais existe algum que você ainda não fez e gostaria de fazer?
Um que ainda não fiz, mas certamente está nos meus planos é fazer fotos na praia. Sou nordestino e amo mar, então é um desejo meu pendente.

A carreira internacional como modelo está nos seus planos?
Como tenho um emprego fixo atualmente descarto por enquanto, mas acredito que o concurso abra inúmeras portas e estou disposto a ouvir propostas.

Você acha que um título pode impulsionar a carreira de modelo?
Sem dúvidas! Querendo ou não um modelo precisa de visibilidade para divulgar seu trabalho e o título atrai isso da melhor maneira possível.

Sabemos que existem "os caminhos + fáceis" para um modelo conseguir um trabalho de grande destaque na mídia. Aconteceu algo parecido com você?Já recebeu esses tipos de "atalhos"?
Não, felizmente. Sei que ocorre por histórias de colegas do meio, mas acho extremamente deselegante e espero não acontecer comigo.

Participaria de um reality show? Sim, não e por quê?
Depende do reality show. Se for uma proposta bacana, não vejo problema.

Agora vamos falar um pouco de você: Quem é o Eduardo Roque?
Uma pessoa que nunca perdeu o ‘jeito moleque’, que gosta de brincar, fazer piadas e não perde uma boa risada.  Mas, ao mesmo tempo, uma pessoa que sabe ser sério na hora de ser sério e de manter a postura.  Sou muito carinho, porém sou muito carente também, gosto de estar perto de pessoas que amo.

O que não pode faltar no seu guarda roupa?
Apesar de gostar de me vestir bem, não costumo ousar muito. Com certeza mais de 80% das minhas camisetas é gola V, gosto muito!

Seu pior defeito e sua melhor qualidade?
Eu me acho sério demais e às vezes acabo sendo chato e minha maior qualidade certamente é ser carinhoso.

Ser elegante é:
Saber ser bonito por dentro e por fora.

Eduardo o blog agradece por este bate papo super interessante e deixo este espaço para suas considerações finais.
Queria agradecer pela oportunidade e convidar a todos que conhecem o concurso a acompanhar e prestigiar, pois sabem da bela festa que é. E aos que não conhecem ainda, convido a vir conhecer e se encantar o que está por vir. Será um concurso muito bonito de se ver!


Comentários

Postar um comentário